Colégio de João Pessoa é acusado de homofobia após cancelar bolsa de alunos por serem gays

Localizado em João Pessoa (PB), o Colégio Interactivo foi alvo de diversas críticas nas redes sociais após a instituição cancelar duas bolsas de dois alunos homossexuais. Segundo Luan e Lincon, irmãos gêmeos e LGBTs assumidos, suas bolsas foram canceladas por serem gays.

“Eu e meu irmão perdemos nossas bolsas de estudo no Interactivo. Como vocês sabem, somos atletas e competíamos pelo colégio, representando a escola tanto nacional quanto internacionalmente, tirando boas notas e passando de ano”, desabafou Lincon em seu perfil Twitter. “Só ano passado comecei a me aceitar e ser eu mesmo na escola. Um dia fui humilhado pela coordenação apenas pelo fato de estar usando maquiagem”, continuou o jovem.

O irmão de Lincon, Luan, que era bolsista, também acabou perdendo o benefício. “Retiraram a bolsa do meu irmão também simplesmente pelo fato de que ele namorava um menino”, contou. Após a denuncia dos irmãos, outros relatos sobre episódios homofóbicos dentro da instituição começaram a surgir nas redes sociais.

“Já reclamaram da proximidade’ de duas meninas, tal como advertiram um casal gay por estarem de mãos dadas no colégio”, revelou um internauta. “Uma aluna chegou a implorar pra que seus pais não fossem chamados depois que a escola descobriu que a mesma beijou outra menina, já que não era assumida, sem contar com o constrangimento absurdo que as duas sofreram”, denunciou outro aluno.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!