Homem é espancado por grupos de homofóbicos ao tentar defender amigos gays

Lee Brobson, um homem de 30 anos, foi brutalmente espancado após tentar defender um casal de amigos gays contra um ataque homofóbico em Chelmsford, na Inglaterra. O relato do britânico viralizou nas redes sociais nas últimas semanas.

Em entrevista à BBC, Brobson conta que estava andando com o casal de amigos, que estavam de mãos dadas, em direção a um bar, quando foi surpreendido por olhares julgadores de um grupo de homens. Segundo ele, um dos amigos disse “oi” em resposta aos olhares, e “isso foi visto como uma provocação por eles”. “Eu me aproximei deles tentando evitar um confronto, estava com as mãos para cima”, disse o rapaz.

No entanto, Brobson foi recebido com diversas palavras homofóbicas. “Eles se tornaram imediatamente violentos, e estavam querendo sangue”, definiu. “Quando partiram para cima, eu revidei”. A vítima foi levado para o hospital pela polícia, que confirmou à BBC que está investigando o ataque. Um dos amigos de Brobson, Daniel Berry Birrell, o descreveu como “heroico”. “É horrível que ele tenha precisado nos defender de algo assim, mas estou grato que ele estava conosco”, comentou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!