Casal gay adota adolescente que vivia há cinco anos em orfanato

Após esperar durante cinco antes morando em um orfanato e passar por nove famílias diferentes, Michael foi adotado por um casal gay.

Chad e Paul Beanblossom, de Pigeon Forge, Tennessee (EUA), adotaram o adolescente por meio uma vídeo chamada em grupo, porque a pandemia de coronavírus interrompeu os processos judiciais.

O momento emocionante foi registrado através da plataforma Zoom e contou com a participação de 80 pessoas, incluindo familiares, amigos e especialistas em adoção, para testemunhar e oficializar a adoção.

Em entrevista ao programa ‘Good Morning America’, Chad desabafou: “Ele meio que entrou e assumiu nossos corações. Ele nos ensinou tanto, se não mais, do que nós o temos. Nosso mundo inteiro gira em torno de Michael”.

Michael, atualmente com 17 anos, foi acolhido pelo casal ainda em 2019, porém, antes disso, depois que sua mãe faleceu, ele passou cinco anos em um orfanato e morou em nove casas diferentes antes de se juntar à nova família.

O próprio adolescente pediu a Chad e Paul que se tornassem seus pais oficiais. O casal está junto há cinco anos e já tinham adotado outras crianças antes de conhecerem o adolescente.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto