Jovem é expulso de casa por ser gay e divulga vídeo de briga com pais

O americano Daniel Pierce, de 20 anos, saiu do armário para a família em outubro de 2013! Na época, eles pareceram apoiá-lo. O que ele não esperava que, nove meses depois, eles o expulsariam de casa, na cidade de Kennesaw, estado da Geórgia, no sul dos Estados Unidos!

Sentindo um clima ruim, Pierce gravou a cena da discussão com os pais! “Sabia que algo iria acontecer e queria me proteger se alguém tentasse me agredir”, disse ele à BBC. O vídeo de cinco minutos não mostra os rostos, mas o que as pessoas dizem pode ser ouvido claramente.

“Você pode negar o quanto quiser, mas acredito na palavra de Deus”, diz uma voz feminina, em resposta ao argumento de Pierce que pesquisas científicas indicavam que a homossexualidade não é uma opção individual. “Deus não cria ninguém assim. É um caminho que você escolheu.”

Aos poucos, a conversa fica mais tensa e se transforma numa discussão. Uma mulher parece agredi-lo. “Solte-me”, diz Pierce, enquanto a câmera treme fortemente. “O que há de errado com vocês?”, ele questiona. “Não, o que há de errado com você?”, um de seus familiares responde. Alguém também diz que ele é uma desonra para a família.

Logo após a briga, a tia de Pierce o procurou e o abrigou em sua casa. Desde então, ele não voltou para onde vivia. “Se eles tivessem dito apenas para eu pegar minhas coisas e cair fora, eu teria dito ‘tudo bem’. Não sou do tipo de pessoas que gosta de entrar em brigas”, diz o rapaz.

Veja o vídeo (em inglês) da discussão de Pierce com a família…

Pierce publicou o vídeo no YouTube, que já conta com mais de cinco milhões de vizualizações, para evitar que isso ocorra com outras pessoas. “Se um pai assistir e mudar a forma de abordar seu filho, já terá valido a pena”, diz. E o nome de Pierce foi parar entre os assuntos mais comentados no Twitter, com diversas mensagens de apoio. Um internauta criou até uma campanha para arrecadar dinheiro para ajudar Pierce. Emocionado, o americano pretende dar a grana arrecadada com a campanha a jovens que enfrentam situações como a dele.

Thiago Araujo é editor-chefe e criador do Pheeno! Referência no cenário pop LGBTQIA+ nacional, o carioca de 30 anos é jornalista e empresário do ramo do entretenimento, além de agitar as pistas como DJ mundo afora!