Criança de nove anos escreve carta emocionante após professor assumir ser gay!

Como parte da semana anti-bullying, um professor de uma escola primária nos Estados Unidos resolveu perguntar aos seus alunos quem já tinha ouvido a palavra “gay” sendo usada como insulto a algum colega. Para o seu espanto, quase todos os presentes na sala de aula levantaram o dedo. “Eu fiquei atordoado!”, revelou o professor, que preferiu manter o anonimato, em entrevista concedida ao site “PinkNews”.

Espantado, o professor então perguntou se os alunos achavam que ser gay fosse algo ruim ou errado. Mais uma vez, quase todos levantaram os dedos. Foi então que, em um acordo com o dono da escola, o professor resolveu assumir sua orientação sexual para os alunos. “A reação foi fantástica!”, conta. O que ele não esperava, era o que iria acontecer dias depois. Uma de suas alunas, de nove anos de idade, escreveu uma cartinha emocionante para o educador. O professor conta que não parava de chorar ao ler a carta e que precisou de um tempo para se recompor. “Quando eu agradeci, ela apenas deu de ombros e disse: ‘É apenas a sua vida’. Em seguida, ela voltou para sua matemática”, acrescenta.

Confira a carta na íntegra…

Mesmo você sendo gay, eu sempre vou tratá-lo da mesma forma. Eu ainda penso em você da mesma forma como eu costumava. Você é um grande professor e estas são apenas algumas das palavras que eu descreveria você: ótimo, incrível, fantástico, brilhante, impressionante e corajoso. A razão pela qual eu digo bravo é porque você compartilhou um segredo pessoal e foi muito corajoso. Você não tem que sentir medo, porque eu sei que todos na classe sentem o mesmo que eu. PS. Estamos todos orgulhosos de você!“.

pheeno-carta-corpo

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!