Jovens de Nova Iguaçu realizam beijaço em solidariedade a caso de homofobia

Na próxima sexta-feira, dia 16, mais de dois mil jovens participarão de um Beijaço Solidário Contra a Homofobia em frente ao bar “Point da Moto”, em Nova Iguaçu. A manifestação será uma resposta à um ato de violência cometida contra um jovem homossexual no local, nesse último sábado (10). O Beijaço está sendo organizado por amigos do jovem.

Vinícius Vieira Ribeiro, 20 anos, foi repreendido e ameaçado com uma arma de fogo pelo pai do dono do estabelecimento, após beijar um outro rapaz. De acordo com o jovem, o homem teria sacado a arma após ele ter questionado o porquê de um heterossexual poder beijar publicamente e ele não. Pessoas que presenciaram a agressão, alegam que garçons do local também se envolveram no caso. A agressão foi registrada na 52º DP, em Nova Iguaçu. “Entrei em estado de choque, não sabia pra onde ir, como fugir daquela pessoa”, declarou Vinícius em uma publicação em uma de suas redes sociais.

Os resposnsáveis pelo estabelecimento publicaram um comunicado na página do bar no Facebook. Segundos eles, um cliente teria se sentido ofendido com o beijo do casal e um senhor teria pedido para que parassem com os “atos libidinosos”, o que teria gerado a confusão. Ainda de acordo com a publicação, o bar é voltado para o público familiar e de motociclista e preza pela igualdade. A página do bar saiu do ar nesta segunda-feira, dia 12. O beijaço acontece na sexta-feira, dia 16 de janeiro, às 20h, em frente ao bar “Point da Moto”, em Nova Iguaçu. Para obter mais informações sobre o evento criado em apoio a Vinícius, acesse a página no Facebook.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!