Jovem gay é assassinado a facadas após se recusar a fazer sexo com outro homem

poignard_mariee

Um homem identificado como Mário da Silva Lopes, 30, foi assassinado com cinco facadas, ao se recusar a manter relações sexuais com o suspeito, em Manaus. Vizinhos informaram que Mário era homossexual e costumava levar os parceiros a sua casa. Segundo relatos de testemunhas, Mário assistia um filme adulto com outro rapaz quando este teria tentado ter relações sexuais com ele.

O jovem foi encontrado por volta das 11h da terça-feira (22/12), por uma vizinha que foi até o quitinete de Mário após ouvir pedidos de socorro. “Depois que ela bateu. Um homem abriu a porta e já saiu correndo. Ela encontrou Mário jogado no chão da casa ensanguentado e com vários golpes de faca no pescoço. Ela saiu pedindo ajuda, mas ele morreu em minutos”, relatou uma testemunha. Ainda conforme a testemunha, ao retornar à quitinete, um membro de uma igreja notou que a vítima estava com uma nota de R$ 2 no peito e a TV exibia um filme pornô.

“Ele morava com uma irmã dele e não saia muito de casa. Todos estranharam a morte brutal. Mas todos comentam que ele costumava se prostituir e trazer os parceiros para sua casa. Isso deve ter ocorrido por Mário ter se recusado a manter relações com o suspeito. A faca usada pelo assassino foi levada pelos peritos que vieram aqui”, detalhou a testemunha.

Em nota, a assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que a Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) não compareceu ao local do fato, porém está a par do crime e já iniciou os devidos procedimentos. A pasta não informou o motivo do não comparecimento da equipe. Em contrapartida, investigadores da especializada informaram que não foram ao local do crime por falta de efetivo.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!