Longa “Moonlight” é a primeira produção gay a ganhar Oscar de Melhor Filme

“Moonlight” foi escolhido melhor filme do Oscar após confusão com os apresentadores Faye Dunaway e Warren Beatty, que anunciaram o vencedor errado. Os atores apresentavam a categoria final, neste domingo (26/02), e disseram que “La La Land” havia levado a estatueta, após erro da organização do evento.

A equipe subiu ao palco para receber o prêmio. Após alguns minutos, foi informada do erro e esclareceu que o vencedor era “Moonlight”. Beatty e Faye estavam, na verdade, com o envelope da vencedora de Melhor Atriz (Emma Stone, de “La La Land”). “Moonlight” levou ainda a estatueta de roteiro adaptado e de ator coadjuvante, para Mahershala Ali. “La La Land: Cantando Estações” ganhou seis prêmios: atriz, diretor, música original, trilha sonora, fotografia e design de produção.

Antes de “Moonlight”, o longa “O Segredo de Brokeback Moutain” foi o filme com temática LGBT mais próximo de levar o prêmio principal pra casa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!