Mulher é presa após matar vizinho gay com facada no pescoço

Uma mulher foi presa nessa quarta-feira (25/10) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, suspeita de ter assassinado o seu vizinho, Willian de Oliveira Salles, um jovem gay de 22 anos. Segundo a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ângela Porto de Melo, de 32 anos, disse à polícia que teria se desentendido com a vítima.

Ângela relatou aos policiais que Willian era homossexual e teria ciúmes dela com outras pessoas. O crime ocorreu na madrugada de quarta-feira no Bairro Jardim das Flores, onde Ângela foi presa horas depois do assassinato. De acordo com a Polícia Civil, Ângela contou que na noite do crime ela e Willian estavam embriagados. Os dois começaram a discutir e trocar ofensas.

Ângela disse que, no momento da discussão, estava cortando manga com uma faca. Willian teria atirado um tijolo contra Ângela, que pegou a faca e golpeou no pescoço do vizinho. Mesmo ferido, Willian tentou pedir ajudar, mas acabou morrendo no local. Ângela deve ser encaminhada para uma unidade prisional feminina de Rondonópolis.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!