Alencastro faz detox de fim de relacionamento no clipe de “Foi bom enquanto durou”

A dupla de electro pop rock e funk Alencastro faz detox após o final de um relacionamento no clipe de “Foi bom enquanto durou”, mostrando uma forma leve de término de relação. O clipe mostra os integrantes em uma festa, exorcizando o baixo astral. “É uma forma positiva de ver o término de um relacionamento. Em vez de sofrer por amor, podemos escolher aceitar os fatos”, analisa o vocalista, Rodrigo Massot.

“A música fala de um relacionamento que foi bom e ficou na memória e também sobre seguir em frente. Mostra o momento quando a paixão acaba e tudo cai na rotina”, completa o guitarrista Dudu W.. A melhor solução é, como diz a letra, “seguir em frente, na paz, e a gente vai se ver por aí”.

O clipe mostra o vocalista Massot preso por correntes a malas que carregam o peso do fim de relacionamento, enquanto o multi instrumentista Eduardo Wurster afoga as mágoas em um bar. As próximas cenas mostram uma festa que celebra a vida e a independência de forma positiva. O figurino traz peças da coleção “Perfeita”, de Fernando Cozendey, que fala sobre aceitação do corpo, Leandro Benites, Fabio Kawallys e Paeteh.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!