Ativistas criam arco-íris com camisas de seleções em protesto LGBT na Copa da Rússia

Para burlar a repressão ao movimento gay na Rússia, ativistas fizeram um protesto silencioso em Moscou durante a Copa. Eles escolheram pessoas de seis países para vestir camisas de seleções que correspondem às cores da bandeira do arco-íris, símbolo de sua causa. O grupo produziu fotos e vídeos nos principais monumentos da capital do país que criminaliza atos públicos de carinho entre pessoas do mesmo sexo. Ícones!

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!