Dono de site pornô gay é preso após se passar por dona de casa para transar com héteros

Um homem se passando por uma dona de casa enganou inúmeros homens heterossexuais para permitir que ele realizasse atos sexuais com eles, disseram agentes federais. Segundo o site Miami Herald, Bryan Deneumostier, de 33 anos, morador de Homestead, havia sido preso na terça-feira (17/07) por duas acusações de interceptação ilegal de comunicação e três acusações de violação de registros.

Agentes do Departamento de Investigações da Segurança Interna dos EUA disseram que por pelo menos quatro anos, Deneumostier operou um site chamado “StraightBoyz” que promoveu vídeos de homens heterossexuais sendo conduzidos a aceitar atos sexuais por ele enquanto estavam vendados ou usando óculos escuros. As autoridades disseram que havia pelo menos 600 vídeos no site, que já foram retirados.

No entanto, a publicação garante que alguns dos vídeos ainda podem ser vistos em outros sites pornográficos. De acordo com as autoridades, Deneumostier, também conhecido pelo apelido “susanleon33326”, publicou anúncios no site Craigslist fingindo ser uma dona de casa que estava buscando namoros sem compromisso com homens em sua casa perto da Base Aérea Homestead Reserve.

Autoridades disseram que os homens não perceberam que a dona de casa com quem estavam se encontrando era, na verdade, um homem travestido. Uma vez na casa de Deneumostier, os homens concordaram em ser vendados ou usar os óculos enquanto Deneumostier realizava atos sexuais com eles, disseram as autoridades.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!