Travesti é filmada sendo agredida com socos, chutes e pauladas por cinco pessoas em Fortaleza

A Polícia Civil investiga o espancamento de uma travesti no Bairro Vila Velha, em Fortaleza, por um grupo de cinco pessoas. O crime, que ocorreu no fim de semana, foi registrado em vídeo e compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, gravadas por uma pessoa que incita a violência, os suspeitos agridem a vítima com socos, chutes e golpes usando um pedaço de madeira. Ela foge após a ação.

No vídeo, a travesti é agredida, inicialmente, por um grupo de quatro pessoas, todos homens, enquanto duas mulheres assistem e gravam a ação, incentivando os golpes. “Não deixa correr, não! Derruba esse viado!”, dizem. A vítima, que cai no meio da rua e continua sendo atacada e filmada, ao tentar fugir, interroga: “Como vocês têm coragem de fazer isso?” As mulheres que estão presenciando o ataque, contudo, rebatem. “Como tu tem coragem de tirar onda com a favela, viado?”. Após finalmente conseguir se safar dos agressores, a travesti é intimidada por uma das mulheres: “Não apareça mais aqui!”

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga o caso por meio do 17º Distrito Policial (DP) destacou a importância da vítima registrar um boletim de ocorrência (B.O.), em relação ao ocorrido, em qualquer unidade da PCCE. Denúncias e informações sobre o caso podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS e para o (85) 3101.2497, do 17º Distrito Policial. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!