Ator e produtor da Irmãos Dotados denuncia homofobia após ser agredido no Rio: “Eu queria esquecer isso”

Edu Albuquerque, ator e produtor da produtora pornô gay Irmãos Dotados, usou as redes sociais para denunciar agressões que sofreu no último sábado (02/01) na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Na publicação, ele afirma que foi agredido no rosto por um rapaz e que a violência foi motivada por homofobia.

De acordo com Edu, ele estava Av. das Américas voltando para o hotel onde está hospedado quando um homem “de boa aparência” o abordou para pedir cigarros. Ele conta que, após explicar que não fumava, o agressor teria questionado sua profissão. Segundo o produtor, a agressão aconteceu assim que ele revelou que trabalhava como ator pornô gay. “O cara me deu um tapão na minha cara e um murro no meu nariz do nada”, escreveu Edu na legenda de uma série de fotos onde aparece com o nariz sangrando.

Eu só pensei em correr, correr muito e chorar. Quando cansei, só conseguia chorar e tentar entender. Eu queria esquecer isso“, lamentou o produtor, que preferiu não prestar queixa na delegacia. “Não iria resolver nada, o cara já devia estar em casa sendo feliz com a família hétero ‘perfeita’ dele“, respondeu Edu para uma seguidora.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!