Mãe de cantor comprou briga após humilhação no SBT: “Como você chama meu filho de anormal?!”

Conversamos com o cantor e dançarino Filipe Beraldi no estúdio do Pheeno! Criado na Igreja Evangélica, foi lá que teve seu primeiro contato com a música e com a dança, e também onde começaram seus problemas para se aceitar gay.

Filipe conta que, inicialmente, teve problemas com sua mãe por sua condição sexual, mas, algum tempo depois, ela virou sua melhor amiga: até defendeu o filho batendo boca com jurados de um programa do SBT em que ele foi vítima de homofobia no palco.

Essa participação no programa rendeu bullying na escola e nas redes sociais, além de ansiedade e depressão. O cantor, porém, superou o episódio e conta detalhes de seus projetos futuros.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!