Bolsonaro diz que “linguagem neutra dos gays” está “estragando a garotada”

Jair Bolsonaro (PL) criticou o uso da linguagem neutra durante conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada, nesta terça-feira (07/11). Segundo Bolsonaro, o uso da “linguagem neutra dos gays vai estragando a garotada”. Após do comentário preconceituoso, ele alegou ainda intenção em interferir nas edições das provas do Enem e disse que o próximo exame “vai ser nosso”.

“Lembra uns dois anos atrás, o pessoal da linguagem neutra, os gays. Não tenho nada contra nem a favor, cada um faz o que bem entender. O que faz a linguagem neutra dos gays? O que soma para a gente? Agora, estimula a molecada a se interessar por essa coisa“, disse Bolsonaro. Em resposta, um apoiador afirmou que a derivação linguística “estraga a língua portuguesa”. “A linguagem é o de menos. Vai estragando a garotada“, declarou. O presidente também afirmou que “parte da garotada que nem sabe o português quer a linguagem neutra”, e disse que pautas assim servem para desestimular o raciocínio.

O chefe do Executivo alegou ainda intenção em interferir nas próximas provas do Enem e disse que o próximo exame “vai ser nosso“. “Alguns querem que a gente mude de uma hora para outra. Começa a mudança agora. O próximo Enem que vai ser nosso. Falar que tinha que interferir… Se eu pudesse interferir, não seria esse tipo de Enem que tá ai. De jeito nenhum“, completou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!