Adolescente é investigado por homofobia suspeito de agredir garoto gay de 14 anos no Piauí

A Polícia Civil do Piauí apura uma denúncia de lesão corporal e homofobia em Esperantina, no Norte do estado. A mãe de um adolescente de 14 anos buscou a delegacia do município após um vídeo de agressão contra o filho circular em redes sociais. O caso aconteceu no último domingo (23/01). Com informações do G1.

De acordo com a polícia, a agressão aconteceu às 14h30 em uma avenida movimentada da cidade e foi registrada em vídeo por testemunhas. O suspeito de cometer o crime é um adolescente de 17 anos. Ao G1, o soldado Silva Filho da Polícia Militar informou que a vítima havia sido ameaçada antes, virtualmente, e constatou-se que o crime foi motivado por sua sexualidade. “O jovem [suspeito] publicou há alguns dias nas redes sociais, nos stories do Instagram, algumas palavras de baixo calão contra a vítima. A vítima respondeu, questionou o porquê daquilo, e o rapaz respondeu ‘anda preparado que quando eu te encontrar na rua, você apanha’ e realmente aconteceu deles se encontrarem”, explicou o soldado ao portal.

O adolescente de 14 anos foi agredido e sofreu lesões leves nos braços. Em seguida, voltou para casa. Na residência, a mãe do menino notou os ferimentos e decidiu buscar a delegacia. O adolescente foi então encaminhado ao Hospital Estadual Dr. Júlio Hartmann para a realização de exames após as agressões e já se encontra em casa com a mãe, que acompanhou todo o processo.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!