Banido em Cannes, filme que aborda romance gay entre dois jogadores de futebol estreia no Globoplay

Chegou no catálogo Globloplay o filme “Mário e Leon – No Amor e no Jogo”! Lançado em janeiro de 2018, o romance suiço conta a história de dois jovens jogadores de futebol, Mario (Max Hubacher) e Leon (Aaron Altaras), que acabam se apaixonando depois que se conhecem. 

No filme, com direção de Marcel Gisler, Mario é uma estrela do futebol e tem uma carreira promissora na liga em que joga. Seu empresário, que também é seu pai, exige o máximo do jovem para que ele chegue ao grupo de 1ª Liga no próximo ano. Quando Leon se junta ao clube de futebol de Mario, há uma tensão imediata entre os dois atletas talentosos, que querem um lugar no primeiro time. Mas quando eles se mudam para um apartamento juntos, esses sentimentos competitivos se tornam sexuais. 

À medida que começam a circular rumores sobre o seu relacionamento florescente, e os colegas de equipe ficam desconfiados, os rapazes precisam decidir entre suas carreiras e uns com os outros. Após descobrir a relação, o pai de Mario não aceita e os dois jovens passam a negar que estão juntos. Ainda que façam algumas aparições com mulheres, a fim de disfarçar a homossexualidade, eles ainda seguem sendo alvos de preconceito de outros jogadores do time.

De acordo com diretor Marcel Gisler, a produção visa falar sobre a homofobia dentro dos times de futebol, um tema pouco debatido. O filme causou um pequeno escândalo quando foi retirado do programa Ecrans Junior, durante o Festival de Cannes. A programação de filmes é voltado para crianças da escola, apesar das objeções sobre seu conteúdo, embora tenha sido classificado como adequado para “todos os públicos” na França.

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!