Twitter alega “violação de regras” e volta a suspender contas de atores e produtores de conteúdo pornô gay

Diferente de outras redes sociais, o Twitter é uma das únicas plataformas que permite a pornografia explícita nos perfis de seus usuários. Com suas políticas de privacidades atualizadas em 2019, a rede social limita apenas conteúdos íntimos que tenham sido gravados de forma não consensual. No entanto, desde a última quinta-feira (21/04), a rede social passou a suspender e bloquear a conta de diversos atores e produtores de conteúdo pornô gay, alegando “violação das regras da rede social.

Ao todo, mais de 50 perfis foram notificados pelo Twitter. Nomes populares como os dos atores Hanry OnlyJapaMarcelo DebianRhyheim ShabazzRico MarlonDaniel ToroChristian Hupper, Miguel Baiano e outros foram suspensos da plataforma. “Violação das nossas regras contra a publicação ou o compartilhamento de mídias íntimas de alguém produzidas/ distribuídas de modo privado sem o consentimento expresso dessa pessoa”, notificou a rede social em e-mail encaminhado aos produtores de conteúdo. Um dos afetados, o ator OnlyJapa afirma que a notificação “não faz sentido”. “O conteúdo é feito com consentimento de ambos atores e postado em conjunto”, explicou ele, em conversa com o portal Gay Blog. Ainda segundo Japa, no caso das contas bloqueadas, o Twitter exige que as publicações com conteúdo adulto gay sejam excluídas.

E como sempre, a plataforma dá um falso direito a resposta, seguido de uma mensagem automática e acabou aí. Quem recupera, recupera por sorte”, afirma OnlyJapa, que conseguiu recuperar uma de suas duas contas bloqueadas. De acordo com ele, produtores com perfis suspensos não tiveram opções para reverter a situação. Já Daniel Toro, outro nome notificado pela plataforma, conta que a rede social alegou que ele não tinha autorização de outros atores para compartilhar seus vídeos. “O Twitter disse que eu não tenho liberação de imagem dos atores que eu postei os vídeos, mas, o próprio nunca se deu ao trabalho de verificar que todos os atores que gravei estão mencionados com seus ‘@’ em todos os vídeos que posto“, afirmou.

Eu irei na sede do Twitter aqui em São Paulo e caso não me atendam ou não se movam para nada, já estou em contato com meu advogado para entrar contra a empresa com recursos judiciais, pois não há o mínimo de fundamento ou consistência nos argumentos“, acrescentou Toro.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!