Keila Simpson, presidenta da Antra, é detida em aeroporto no México e deportada: “Para travesti, nada é fácil”

A presidenta da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), Keila Simpson, de 55 anos, foi detida e deportada do aeroporto do México, neste domingo (01/05), por sua expressão de gênero não corresponder ao nome em seus documentos. Por conta disso, Keila ficou detida pelas autoridades mexicanas e, em seguida, foi colocada em um voo de volta para São Paulo.

Ela tentava entrar no país para participar do Fórum Social Mundial da Associação Brasileira Organizações Não Governamentais (Abong), onde representaria o Brasil para falar sobre direitos LGBTQIA+ no país. “Tomaram meus dois aparelhos [celulares]. Eu fiquei incomunicável. Muito tempo depois, me deram direito a uma ligação de um minuto. Parece uma prisão. Você fica sendo vigiada por dois policiais. E depois me colocaram em um avião e me mandaram de volta“, disse em entrevista ao portal Universa, da UOL. Keila conta que ficou cerca de dez horas sem comunicação dentro do aeroporto internacional da Cidade do México. “Foi constrangedor, mas como eu digo sempre, para travesti nada é fácil“, desabafou ela em suas redes sociais.

Keila conta que seguiu todos os requisitos e tinha toda documentação requerida pelo México para conseguir entrar no país, sendo passaporte, visto, cartão de imigração e com reserva coletiva da delegação que participaria do evento internacional. “Eu fui lá desenvolver um trabalho, com tudo certo. Tinha o visto eletrônico, o passaporte, bilhete de entrada e saída online (mas eles queriam o físico), e a minha reserva no hotel, que era coletiva porque era uma delegação que estaria lá. Não tinha uma reserva específica no meu nome e eles estavam pedindo isso“, pontua.

A presidente afirma ainda que, enquanto estava detida, a delegação tentou contatar o Estado brasileiro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, o Estado mexicano, mas nenhum tipo de suporte foi oferecido. Keila também afirma que pretende entrar na justiça: “Vamos entrar em contato com as autoridades do México para que isso não passe incólume”, ressaltou ela.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!