Anohni, primeira trans indicada ao Oscar, anuncia boicote à cerimônia: “Vergonha e raiva”

Molde International Jazz Festival 2012 - Day 4

A cantora britânica Anohni, primeira transexual a ser indicada ao Oscar, anunciou em sua página oficial no Facebook que não irá à cerimônia da Academia no domingo (28). Vocalista da Antony and the Johnsons, Anohi decidiu publicar uma longa carta explicando os seus motivos.

Segundo ela, os organizadores do evento não a convidaram para apresentar a música “Manta Ray”, do filme “Racing Extinction”, pela qual concorre à estatueta de melhor canção original com J. Ralph. Em sua carta, Anohni diz que se surpreendeu por ter sido indicada e que ficou confusa quando não foi convidada para se apresentar até que percebeu que os “executivos parecem ter escolhido apenas performances de cantores que são comercialmente viáveis”.

“Todos me disseram que eu ainda deveria ir à cerimônia, que passar pelo tapete vermelho seria ‘bom para a minha carreira’. Noite passada eu tentei me forçar a entrar em um avião para Los Angeles para ir a todos os eventos dos indicados, mas os sentimentos de vergonha e raiva me impediram”, contou. Segundo o site “Variety”, tanto Anohni quanto David Lang, de “Simple Song #3”, do filme “Juventude”, não vão se apresentar por “limitação de tempo” da transmissão.

No entanto, os famosos Lady Gaga, Sam Smith e The Weeknd, que também disputam a categoria, foram chamados para apresentarem suas músicas durante a festa de premiação.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!