Cinemas do Brasil estão se recusando a exibir “A Garota Dinamarquesa”

a-garota-dinamarquesa

Pode parecer mentira, mas é a mais pura verdade! Algumas salas de cinema no Brasil estão recusando exibirem o filme “A Garota Dinamarquesa”. O filme, que conta a história da primeira transexual a se submeter a cirurgia de redesignação sexual, estreou no dia 11 no circuito comercial, mas tem algumas salas de cinema se recusando a exibi-lo.

Foi o caso de Florianópolis, em Santa Cantarina! Por lá, o filme só entrará em cartaz nesta quinta-feira (25/02) porque uma ONG promoveu mobilização nas redes sociais. Já no Parará, o Núcleo do Consumidor (Nucon) da Defensoria Pública do Estado do Pará pediu explicações às redes de cinema Moviecom, Cinepólis e Líbero Luxardo sobre por quais motivos o filme ainda não foi exibido nas salas da rede.

Assim como aconteceu em Florianópolis, a núcleo foi acionado após consumidores reclamarem nas redes sociais. “A questão é que em Belém não está acontecendo nenhuma sessão, sem qualquer justificativa plausível”, explicou a defensora Rossana Parente. Segundo a defensoria, os cinemas têm o prazo de cinco dias úteis para responder as indagações feitas pelo Nucon. “As providências que serão tomadas dependerão das explicações fornecidas pelas administrações das salas”, concluiu a defensora.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!