Ativista transgênero ganha o título de homem vegano mais sexy do ano

vegano-5

Um homem transgênero de Utah, nos Estados Unidos, ganhou o título de “vegano mais sexy do ano”. A eleição foi organizada pela ONG Peta e, além do título, o vencedor ganha uma viagem a Maui, no Havaí.

Dexter Thomas é um ativista dos direitos dos animais que cresceu em uma fazenda de gado em Salt Lake City. Suas experiências o fizeram abolir o consumo de carne da sua dieta aos 17 anos, época em que também começou a atuar em campanhas pelos direitos da comunidade LGBT. Ao Daily Mail, Thomas contou que não teve uma vida fácil.

“Aprendi sofrendo na pele que pessoas são capazes de imensa crueldade diante de outras que elas pensam que são inferiores”, declarou Dexter Thomas. “Quando pecebi que essas atitudes levam a transfobia, homofobia, sexismo e tudo mais, também entendi que isso fomenta atitudes ultrapassadas em relação aos animais. Isso é parte do que me motivou a ser vegano quando eu tinha 17 anos”.

Atualmente, Dexter está fazendo pós-doutorado em psicologia na Universidade de Utah e é embaixador do veganismo e da proteção aos animais no estado.

Confira fotos…

vegano-1

vegano-2

vegano-3

vegano-4

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!