Lea T será a primeira transexual a participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos

Teca São Paulo Fashion Week- Verão 2016 Abril/2015 foto: Ze Takahashi/ Agência Fotosite

A top model internacional Lea T aceitou o convite para participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A brasileira de 35 anos fará história ao se tornar a primeira transexual a ter papel de destaque na abertura dos jogos.

Em entrevista para a “BBC Brasil”, a modelo afirma que pretende levantar a bandeira da inclusão e ser porta-voz da diversidade de gênero, orientação sexual e raça “num momento em que o Brasil será apresentado ao mundo”. “Não posso falar nada ainda, precisamos manter a surpresa. Mas a mensagem será muito clara: inclusão”, disse.

“Todos, independente de gênero, orientação sexual, cor, raça ou credo, somos seres humanos e fazemos parte da sociedade. Meu papel na cerimônia, num universo micro e representativo, ajudará a transmitir esta mensagem”, afirmou.

“Eu, como qualquer outra transexual, levanto uma bandeira. Falo da transexualidade porque faz parte da minha história, mas sou apenas mais uma integrante desta comunidade, sou mais uma. Sei que sou privilegiada por ter a mídia que me ouve, mas cada transexual em sua luta cotidiana tem igual importância para os LGBTs”, acrescentou. Alguém duvida que Lea foi escolha mais do que acertada para levantar a bandeira contra o preconceito durante o evento?! ARRASA, SUA LINDA! 😀

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!