Dez casais LGBTs que vão fazer você acreditar no amor

Esta semana a internet repercutiu o anúncio da separação de Fátima Bernardes e William Bonner. Nas redes sociais, a grande questão que surgiu foi: se até eles, um casal querido e unido há 26 anos, se separaram, por que deveríamos acreditar no amor?! Pensando nisso, resolvemos destacar dez casais LGBTs, tanto da vida real quanto da ficção, para você se inspirar e voltar a acreditar que é possível ser feliz na vida a dois:

Cinco casais gays da vida real para te fazer acreditar no amor:

1. Neil Patrick Harris & David Burtka

1

Neil Patrick Harris começou a namorar o chef e ator David Burtka em 2004, ficaram noivos em 2006, mas só puderam se casar quando o estado de Nova York legalizou o casamento gay, em 2011. “Eu inicialmente me apaixonei por David mais do que ele se apaixonou por mim”, contou Neil à revista ‘Out’ em 2012. Hoje eles têm dois filhos, os gêmeos Harper e Gideon, e viraram nosso casal preferido, sempre compartilhando a rotina e a fofura dessa família linda nas redes sociais.

2. Zachary Quinto & Miles McMillan

2

Zachary Quinto – o vilão Sylar na série ‘Heroes’ (2006-2010) e o famoso Spock em ‘Star Trek’ (2009) – namora o modelo e artista Miles McMillan desde 2013 e, neste ano, eles começaram a morar juntos. Zachary se assumiu gay publicamente em outubro de 2011, quando afirmou em um perfil feito pela New York Magazine: “Ter uma vida gay sem reconhecer isso em público simplesmente não é suficiente para fazer qualquer contribuição significante para o imenso trabalho que ainda falta para termos igualdade”.

3. Tom Daley & Dustin Lance Black

3

Tom Daley (22) e o diretor de cinema Dustin Lance Black (42) estão juntos desde de 2014, após o atleta assumir publicamente sua sexualidade. Os pombinhos, em fevereiro do ano passado, anunciaram seu noivado de maneira bem tradicional: através de um anúncio no jornal britânico The Times! Em uma entrevista recente, ele brincou: “um dia coloquei a caixa com a aliança na cueca e pedi ele em casamento”. Durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, Dustin estava na plateia assistindo tudo de pertinho e comemorando muito a conquista do seu futuro companheiro. Muito fofos!

4. Daniela Mercury & Malu Viçosa

4

Daniela Mercury assumiu seu romance com a jornalista Malu Viçosa em abril de 2013, e vão completar três anos de casadas em 2016! A cantora, que já tinha dois filhos frutos de seu casamento anterior com o engenheiro Zalther Povoas, adotou duas meninas, de 5 e 13 anos, junto com a companheira. Além de declarar seu amor publicamente em entrevistas e nas redes sociais, Daniela e Malu participam de diversos eventos e seminários contra a homofobia e a favor da diversidade. Lindas e engajadas!

5. Elton John & David Furnish

5

Uma linda história de amor a primeira vista! Elton John e o cineasta David Furnish sentiram-se atraídos um pelo outro assim que se conheceram e, por 16 anos, mandaram cartão um para o outro todo sábado. Eles se tornaram parceiros civis em 2005 – porém, só puderam se casar em 2014, quando o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado na Inglaterra. Os dois têm dois filhos juntos: Elijah e Zachary.

Cinco casais LGBTs da ficção para te fazer acreditar no amor:

Atenção: contém spoiler

1. Michael e Ben, de Queer As Folk

7

A série “Queer As Folk”, sucesso no início dos anos 2000, apresentou um dos casais mais fofos e polêmicos de uma série LGBT: o nerd Michael (Hal Sparks) e o sugar daddy Ben (Robert Gant)! A série foi uma das primeiras a abordar o relacionamento de um HIV positivo com uma pessoa não infectada. Assim como todo casal, os dois enfrentaram altos e baixos na relação. Um deles foi a mãe de Michael, que não aceitava o relacionamento do filho com um soropositivo! Mas nada que abalasse a reação dos dois pombinhos, que ficaram junto até… opa! Sem spoilers aqui!

2. Cam e Mitchell, de Modern Family

9

Apesar de sempre estarem disputando o controle da relação, Cam (Eric Stonestreet) e Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) são fofos! Enquanto o primeiro é um drama queen, o outro, apesar de assumido, é mais discreto. Todas as suas manias e picuinhas particulares conquistaram o público, mas o essencial para ganhar o coração dos espectadores foi a filhinha adotiva deles, Lily. Claro que, com pais como esses, a personalidade irônica da menina não é de se espantar! O melhor é quem em seis temporadas, o casal nunca teve indício de que poderia se separar. Melhor família!

3. Connor e Oliver, de How To Get Away With Murder

8

O bonitão Connor (Jack Falahee) chegou em Oliver (Conrad Ricamora) por interesse. Sua intenção era se aproveitar de suas habilidades de informática para ajudar Annalise Keating em um caso. O que ele não contava é que se apaixonaria pelo nerd de olhos puxados! A medida que a série se desenrola a ligação deles vai ficando mais forte, inclusive com cenas quentíssimas de sexo, até que passa por uma provação: Oliver descobre que tem HIV. A descoberta aproxima mais ainda os pombinhos, que são nosso casal preferido da série.

4. Santana e Brittany, de Glee

121010brittana4

Santana (Naya Rivera) e Brittany (Heather Morris) foram o casal gay mais fofo de “Glee”. Foi emocionante ver o que começou como diversão se tornando amor verdadeiro, afinal, é o que acontece muitas vezes na vida real. As duas viveram uma saga durante todo o seriado e só foram acabar realmente juntas na última temporada! Com muitos conflitos, as duas se separaram, voltaram, separaram, voltaram, pegaram amigos, brigaram e por aí vai…

5. Lafayette e Jesus, de True Blood

what-do-you-know-01-1024

True Blood é aquele tipo de seriado que adora misturar de tudo. Na série tem vampiro, lobisomem, metamorfo, fada e muito mais. Casal normal que é bom, cadê?! Óbvio que Lafayette e Jesus não são exceção, mas o seriado é incrível exatamente por isso! O mais incrível e admirável do casal é perceber como ambos tiveram que se aceitar, e olha, foi difícil eles assumirem o relacionamento.

E você?! Conta pra gente qual seu casal LGBT favorito da vida real e da ficção aqui nos comentários. 😉

Apaixonado por Comunicação, Marcelo Haubrich é editor do Pheeno e também responsável pelo marketing e redes sociais do site! Além disso, o carioca de 25 anos acumula diversas funções na noite brasileira: designer, produtor, DJ, entre outras.

Comentários no Facebook