J.K. Rowling sai em defesa de Tom Daley após atleta ser vítima de ataques homofóbicos

jk-rowling-tom-dayle-pheeno-capa

Não tem como não amar J.K. Rowling! A autora da saga “Harry Potter” saiu em defesa de Tom Daley após o atleta sofrer ataques homofóbicos devido a seu desempenho nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O rapaz foi eliminado na semifinal da plataforma de 10 metros, no salto ornamental. Após o erro, no entanto, alguns internautas homofóbicos justificaram a derrota com a sua condição sexual.

No Twitter, o perfil Christian Voice (“Voz Cristã”, em português) publicou uma mensagem para Daley: “Parece que virar gay não fez nenhum favor ao Tom Daley durante a Rio 2016“, escreveram no último sábado (20/08), logo após a eliminação do atleta. A mensagem preconceituosa foi retuitada mais de 230 vezes por internautas! A escritora então usou a mesma rede social para repudiar as ofensas.

“Não consigo decidir o que é mais ofensivo nesse tuíte, a estupidez ou a maldade“, disse a escritora. O ator Robert Lindsay também resolveu se manifestar diante de confusão e escreveu para Rowling: “Com todo o respeito, se você responder estes idiotas isso dará o espaço e as credenciais que eles não merecem“. A autora, no entanto, resolveu defender seu posto de vida, argumentando que é preciso expor este tipo de comportamento.

“É um ponto passivo de argumentação, mas sinto que focar em como o bully se sente é um pouco estranho“, começou no discurso. “Nem todo mundo expõe seu ponto de vista simplesmente por querer atenção. Eles querem machucar. Eles querem intimidar“, escreveu. “E as vítimas são expulsas de lugares que deveriam ser seguros pelo seu veneno. Se todos desafiarmos o ódio, as redes sociais serão um lugar muito melhor para minorias, mulheres e gays“, completou.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!