Jovem trans é esquartejada após pai pedir na TV que alguém a matasse: ‘Podem matar’

raina-trans-assissinada-pheeno-capa7

Uma mulher muçulmana transgênero foi esquartejada na Rússia depois que seu pai, Alimshaikh Aliev, aparecer em um programa de TV pedindo que alguém a matasse: “Traga-o aqui e o matem na frente dos meus olhos. Podem matar”. O crime aconteceu dias depois da jovem se casar.

vush

Raina Aliev, de 25 anos, era natural do Daguestão, região de forte ascendência islâmica localizada entre o Mar Cáspio e a Chechênia, na Rússia. De acordo com informações da emissora de TV russa “REN TV”, Raina já era discriminada por sua orientação sexual, o que foi agravado após sua decisão sobre a cirurgia de redesignação sexual.

Conversando com alguns vizinhos da família de Raina, no Daguestão, a emissora relatou que o pai da jovem teria sofrido um AVC ao descobrir sobre a cirurgia da filha, realizada em Moscou. “Ele o traiu. Foi a Moscou, se operou e passou de menino para menina”, disse uma vizinha. A polícia de Moscou investiga o caso e ainda não identificou nenhum suspeito pelo crime.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!