Ministério do Turismo lança cartilha de como melhorar serviços para LGBTs

turismo-lgbt-cartilha-pheeno-capa

O Ministério do Turismo lançou uma cartilha que orienta profissionais de turismo sobre como atender bem turistas LGBT, através da Secretaria Nacional de Qualificação e Promoção. A publicação foi feita sob a orientação do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de LGBTs do Ministério da Justiça e Cidadania.

Para se ter uma ideia, turistas LGBT já representam 10%. E movimentam 15% do faturamento do setor no mundo, segundo a Organização Mundial no Turismo. “Eles são muito exigentes e gastam mais que os outros. É um público que viaja bastante, daqui para fora e de fora para cá”, disse Edmar Augusto Bull, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav).

tel-aviv-pride-galeria-lgbt

Na publicação, que está disponível na página do ministério na internet, é possível encontrar informações sobre legalidade, conceitos básicos e dicas gerais de como atender bem. Entre os conceitos tratados no guia estão a diferença entre identidade de gênero, sexo biológico e orientação sexual.

Segundo o ministério, o turismo LGBT é um dos segmentos de mercado que mais crescem no mundo e um público atrativo para destinos turísticos, já que esse turista gasta, em média, 30% a mais e viaja quatro vezes mais do que outros segmentos. O mercado de viagens gays e lésbicas movimenta US$ 54 bilhões por ano.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!