Casal gay é hostilizado por panfletos homofóbicos na própria rua

Um casal gay foi alvo de homofobia ao descobrir que panfletos contra o relacionamento deles estavam sendo distribuídos na própria rua em que estão construindo uma casa em Curitiba. Pelo Facebook, o estudante de jornalismo João Pedro Schonarth compartilhou o papel que ataca ele e o marido, Bruno Banzato.

“Em breve, sua rua será mais ‘alegre’. Todos os dias nos passeios matinais ou dos finais de tardes terá a visão para inspirar e influenciar toda a vizinhança: você, seus filhos, seus netos e amigos”, traz o texto do folheto com fotos de casais homossexuais aleatórios. “Se fazem isso em público, imaginem o que fazem quando estão a sós ou com amigos mais próximos ou com as pessoas próximas a você”, continua. Ao pé da página está indicado o endereço do casal, classificado como “o endereço da baixaria.”

Ao compartilhar uma foto dos papeis preconceituosos, João Pedro lamentou a mensagem neles. “Eu nunca pensei em passar por isso na minha vida. Para quem acha que não existe homofobia, muito prazer”, escreveu em uma postagem no Facebook. Depois de compartilhar os panfletos nas redes sociais, o casal passou a receber mensagem de apoio de diversos anônimos, o que levou João e Bruno a gravarem um vídeo agradecendo ao carinho.

O casal não desistiu de se mudar e registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Vulneráveis, nesta quinta-feira (13/04). A delegacia especializada em crimes de discriminação informou que a delegada responsável irá chamá-los na segunda-feira para coletar informações e iniciar a investigação.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!