Polícia prende grupo de homofóbicos responsável por agredir casal gay em Miami

Quatro suspeitos envolvidos no ataque de um casal gay em Miami Beach se entregaram a polícia. Na ocasião, Luis M. Alonso, Juan C. Lopez, Adonis Diaz e Pablo Reinaldo Romo espancaram Rene Chalarca e seu namorado, Dmitry Logunov, enquanto os dois deixavam a Parada LGBT em Miami.

Todo o momento foi gravado em vídeo por câmeras de segurança próximas ao local do ataque. Rene e Dmitry estavam caminhando de mãos dadas quando os quatro homens se aproximaram, pronunciando ofensas em espanhol. Eles então bateram nos dois, os derrubaram no chão e passaram a desferir socos e pontapés.

Helmut Muller Estrada, que não conhecia nenhum dos envolvidos, mas passava pelo local naquele momento, tentou intervir para evitar o espancamento, mas também foi agredido. Segundo a emissora de TV NBC, ele foi derrubado no chão e sofreu um corte profundo na cabeça.

Segundo a polícia de Miami Beach, o grupo se entregou após imagens dos quatro agressores serem compartilhadas nas redes sociais. A Procuradoria do Estado de Miami decidirá se o crime de ódio será adicionado às acusações.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!