Casal de lésbicas comete suicídio junto a filha de três anos: “O mundo não nos deixa viver”

Uma triste notícia estampou os noticiários da Índia. O casal de lésbicas formado por Asha Thakor, de 30 anos, e Bhavna Thaor, de 28, que vivia na região de Ahmedabad, cometeu suicídio junto da filha de uma delas, uma criança de apenas 3 anos.

Em uma carta deixada pelo casal antes da tragédia, elas escreveram que “se distanciaram do mundo para se unirem, mas o mundo não as deixava viver”. “As duas mulheres se suicidaram devido a complicações decorrentes de seu relacionamento lésbico”, disse autoridades locais. Segundo informou o jornal Deccan Herald, as duas deram um fim na em suas vidas por afogamento.

O casal teria se conhecido quando uma delas ainda era casada com um homem, com quem tinha a filha Megha de apenas 3 anos de idade.

Recentemente, a Índia a homossexualidade da lista de doenças pela comunidade psiquiátrica do país. No entanto, na seção 377 do código penal indiano, ser gay é expressamente proibido.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!