Polícia russa detém cerca de 25 ativistas LGBTs durante manifestação

A polícia russa deteve cerca de 25 ativistas dos direitos dos gays que participaram de uma manifestação não aprovada em São Petersburgo neste sábado (04/08).

Algumas dezenas de ativistas se reuniram na Praça do Palácio desafiando a proibição do protesto. Os organizadores já haviam dito que promoveriam protestos individuais após autoridades municipais recusarem seu pedido para a realização de uma parada.

A polícia deteve os manifestantes enquanto desenrolavam bandeiras com o arco-íris, símbolo do ativismo gay, ou seguravam placas e cartazes, arrastando-os até um ônibus. Não houve confronto. A Rússia aprovou uma lei em 2013 que proíbe a divulgação de “propaganda gay”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!