Injeção mensal para HIV pode substituir pilulas diárias

Atualmente, o principal tratamento para o HIV são os antirretrovirais em formato de pílula, que devem ser tomados diariamente. No entanto, essa realidade pode mudar em breve. Pesquisadores anunciaram esta semana a eficiência de um novo método para tratar a infecção: injeções mensais.

A ViiV Healthcare, farmacêutica que financiou as pesquisas, destacou que essas injeções facilitam o tratamento – especialmente para pacientes que têm dificuldade em lembrar de tomar a medicação todos os dias. Para os pesquisadores, o novo método (ainda em teste), se mostra tão efetivo quanto o tratamento realizado com pílulas para neutralizar o vírus.

“Se aprovado, este [tratamento] daria às pessoas que vivem com o HIV um mês entre cada dose de terapia antirretroviral.”, afirmou o dr. John Pottage Jr., Diretor Médico da ViiV Healthcare. “Mudando o tratamento do HIV de 365 dias por ano, para apenas 12.”, completou acrescentando que testes adicionais continuarão sendo feitos.

Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento contra a doença tem como objetivo manter os níveis de HIV baixos o suficiente para diminuir as complicações relacionadas às infecções pelo vírus, melhorar a qualidade de vida do paciente, reduzir a mortalidade e a transmissão da doença, principalmente para pacientes que têm vida sexual ativa.

Kat Smithson, da National AIDS Trust, se mostrou otimista com as novas descobertas. “O HIV ser tratado com uma injeção repetida todos os meses pode melhorar a vida de muitas pessoas. Apesar de estarmos um pouco longe desse tratamento estar disponível para os pacientes, estamos entusiasmados com o potencial para isso melhorar a vida das pessoas que vivem com o HIV”. Apesar disso, a ViiV Healthcare espera receber ainda este ano a aprovação dos órgãos responsáveis por regular medicamentos nos Estados Unidos e na Europa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!