Rapaz que matou travesti a pauladas se apresenta à polícia de São Paulo

O homem suspeito de ter matado a pauladas a transexual Larissa Rodrigues da Silva, de 21 anos, neste sábado (04/05), na Zona Sul de São Paulo, se apresentou à polícia na noite desta segunda-feira (06/05).

Segundo o G1, o caso foi registrado como homicídio no 27º Distrito Policial – Campo Belo, onde será investigado. Policiais buscam imagens de câmeras de segurança para saber como aconteceu o crime. Uma testemunha contou à polícia que estava com a vítima na Alameda dos Tacaúnas quando um motorista não identificado quase as atropelou. Depois, o autor retornou com o carro, desembarcou carregando um pedaço de madeira e golpeou Larissa.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a PM foi chamada para atender uma ocorrência de agressão. Ao chegar ao local, encontrou a vítima caída com ferimentos na cabeça. O Samu foi chamado e levou Larissa ao Pronto Socorro Saboya, onde ela morreu. O corpo de Larissa foi levado para sua cidade natal e de lá seguiu para a casa de familiares para ser velado. O enterro aconteceu na manhã da terça-feira (07/05), no Cemitério Jardim do Éden, na cidade de Pacatuba, Grande Fortaleza.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!