Antonio Banderas revela que drag queen salvou a sua vida: “Ela ficou no meio da estrada para me socorrer”

Em recente entrevista ao jornal britânico The Independent para promover seu novo filme, “Pain and Glory”, Antonio Banderas revelou que uma drag queen salvou a sua vida após o ator sofrer um acidente de motocicleta, em 1976, aos 16 anos de idade.

“A roda da frente da moto entrou em uma vala e boom! Eu bati em um carro e minha cabeça bateu no tanque [da moto]”, disse à publicação. Ele relembrou também que a estrada ficou repleta de sangue, que teve uma fratura exposta e que, até hoje, tem uma cicatriz na panturrilha devido ao acidente. “Então, veio uma pessoa do nada. Ela ficou no meio da estrada tentando parar um carro para me socorrer. Uma uma drag queen, com peruca e vestido, salvou minha vida”, continuou.

Em “Pain and Glory” Banderas interpreta o diretor de cinema gay Salvador Mello que, enquanto no precipício da morte começa a refletir sobre a trajetória de sua vida. Vale lembrar que essa não é a primeira vez que Banderas interpreta um personagem LGBT. No thriller de 1987 “Law of Desire”, Banderas fez o papel do namorado de Tom Hanks.

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!