Vasco entra em campo com mensagem “homofobia é crime”

Depois da polêmica com cantos homofóbicos no duelo contra o São Paulo, em São Januário, o Vasco entrou em campo neste domingo (01/09) com uma faixa contra a homofobia antes de enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão.

“Homofobia é crise. Respeito e Igualdade são a nossa história”, dizia a faixa carregada pelos jogadores. Além da iniciativa em campo, o clube tem feito ações nas redes sociais repudiando o preconceito.

No último domingo (25/08), o juiz Anderson Daronco precisou paralisar o jogo após ouvir gritos como “time viado”, vindos da torcida vascaína. A partida só retornou após uma conversa com o técnico Vanderlei Luxemburgo e depois que o locutor do estádio solicitou que palavras de ódio não fossem proferidas pela torcida.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!