“Homem de esporte grosseiro pode tratar naturalmente um filho gay”, diz Popó

Em recente entrevista à Folha, Popó voltou a falar sobre a relação com o filho, Juan Freitas, de 16 anos. O ex-boxeador, hoje com 44 anos, aproveitou para relembrar o momento que descobriu a orientação sexual do garoto.

“Eu sou um pai tão moderno, que um dia chegaram para mim: ‘Vem cá, você sabia que o Juan é gay?’. ‘É? Sabia não’, eu respondi.” “Aí eu fui perguntar para ele: ‘Juan, me falaram que você queima de ré. É verdade?’. Ele me disse que sentia atração por homens. Três meses depois, me apresentou um namorado. Pensou que eu ia brigar com ele. ‘Não, ué’.”

Ainda na entrevista, Popó comentou sobre política. Deputado federal entre 2011 e 2014, o ex-boxeador garante levantar a bandeira LGBTQ+. “Quero mostrar para a sociedade que um homem de um esporte masculino, de um esporte grosseiro, pode tratar naturalmente um filho gay”, diz. “As pessoas têm que respeitar a orientação sexual das outras. Se você não gosta, saia. Deixe as pessoas serem felizes. Ser gay não é ser bicho. É ser livre”, completa.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!