RJ: DJ S4TAN desembarca pra apresentação única no novo point carioca

Vai ter brasilidade, vai ter coreô, vai ter muita música boa SIM!

Nesta quarta-feira, daí 23/10, o DJ S4TAN desembarca no Rio, pra apresentação única na cidade.

O DJ e produtor musical paulista S4TAN (25), desembarca no Rio para apresentação única na cidade. Caique Nathan, ou simplesmente S4TAN, se apresentará nesta quarta-feira (23/10), no já consagrado point carioca, o bar-balada Pink Flamingo, em Copacabana (zona sul da cidade).

Tivemos a oportunidade de entrevistar o jovem artista, que nasceu em Santo André (região metropolitana de São Paulo) e, atualmente, mora na capital paulista. S4TAN nos contou como começou sua trajetória como produtor musical e algumas novidades também, confira:

Quando você começou a produzir e o que te estimulou a ser um produtor musical?
– “Antes mesmo de começar a tocar ou ter qualquer noção de produção musical, eu já tinha ideias malucas de músicas que poderiam combinar entre si. Ouvia vários mashups no YouTube, desde coisas básicas como o instrumental de uma música com vocal de outra até umas doideiras brasileiras como Bootie Rio, Positronic e MashMyA$$. A partir daí eu baixei uns programas bem fuleirinhos e comecei a fazer meus próprios mashups em casa.”

O mashup de “No Chão” da Pabllo, com a ‘versão original’ da base, “Revolution” do Diplo foi seu primeiro trabalho como produtor? O que te inspirou a produzir esse mashup?
– “Não não, eu tinha um canal bem mais antigo com outro nome artístico, no caso “Caidolls”, um apelido que meus amigos me deram por eu amar Pussycat Dolls haha. Eu postava mashups mais simples e amadores, além de umas versões estúdio de shows internacionais. Sobre Revolution; eu me apaixonei pelo trabalho da Pabllo logo de cara quando ela surgiu e quando saiu o primeiro EP dela eu já conhecia “as versões” que ela lançou, porém não com a letra adaptada. Então daí surgiu a ideia e fui atrás das originais pra criar um mix entre eles.”

Podemos observar que você investiu em alguns mashups de divas do pop internacionais com alguma influência do pop nacional, a que se dá essa mistura e por que de sempre imprimir nacionalidade no seu trabalho?
– “Como qualquer poczinha eu amava Diva Pop e girlband, porém eu sempre fui apaixonado por funk e tive a ideia de misturar os dois e ver no que poderia dar. Depois de assistir o crescimento do pop nacional, eu acho essencial e é praticamente indispensável no meu trabalho trazer essas referências.”

Pra quem ainda não conhece bem o seu trabalho, qual foi seu primeiro trabalho autoral e quais suas influências pra ele?
– “Foi a faixa “S4TAN”, meu nome artístico atualmente. Eu sou louco por eletrônico, principalmente Big Room e Trap House, então batidas fortes, marcantes e melodias dark são tudo pra mim. Minhas principais referências, que continuam sendo presentes no meu trabalho atual, foram Dimitri Vegas & Like Mike, W&W, Yellow Claw e Major Lazer.”

Com quais artistas você já trabalhou como produtor musical? Quem foi x 1ª pessoa felizardx a ter uma música com sua produção?
– “O meu primeiro trabalho foi Gritaria com a Katy da Voz, que inclusive continuo trabalhando atualmente; e após isso trabalhei com Kaya Conky, Electra Mcklein, Pepita, Seketh Bárbara, Juan Guiã, Danny Bond, Sasha Zimmer dentre outros.”

No seu EP “The Monia” percebemos muita influência da música eletrônica, especialmente do dubsetp e do trap, um tanto diferente do que você já tinha feito anteriormente, a que se dá essa mudança na sua sonoridade?
– “Na verdade nunca houve uma “mudança”, minha principal vertente como DJ nas baladas é o eletrônico, então eu produzo muitos mashups pop com eletrônico pra conseguir conciliar o que eu amo com o que agrada o tipo de público que gosto de trabalhar. O meu projeto independente tem como principal intenção produzir batidas marcantes com todo o mix de influências que eu tenho.”

“The Monia” é de 2018, podemos esperar mais trabalhos autorais? Pra quando?
– “2019! Já estou no processo de desenvolvimento do meu próximo single com uma parceira incrível!”

Com tantas influências musicais, o que o público pode esperar do seu set hoje no Pink Flamingo?
– “Muita brasilidade de viado pra coreografar e ficar maluca!”

Pra finalizar, poderia deixar um recado pros nossos leitores?
– “Abram seus ouvidos para conhecer novos sons e enaltecer toda essa galera da nossa terra que tem feito um trabalho incrível e extremamente vasto!”

É hit, é hino, é cristal, é TUDO! Se eu fosse você, não perderia por nada esse DJ-SET do S4TAN na festa Agitokê, ou e nenhuma outra festa que o DJ vá tocar.

Pra conferir mais sobre o trabalho dele, basta se inscrever no canal dele no YouTube, ou acessar as músicas dele nas plataformas digitais.

Serviço

Agitokê com DJ S4TAN | Porque às quartas cantamos no karaokê
Toda quarta, no bar Pink Flamingo.
Entrada gratuita a noite toda.
Rua Duvivier, 21, Copacabana – RJ. A partir das 22h.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e o mais novo colaborador para conteúdos sobre diversidade LGBTQIA+ para o portal Pheeno.com.br