Casal é impedido de alugar imóvel na Zona Oeste do Rio por ser gay

Um casal gay diz que foi impedido de alugar um apartamento no Recreio, na Zona Oeste do Rio, por conta dos dois homens serem homossexuais. Em entrevista ao G1, o engenheiro Márcio dos Santos, conta que a proprietária cancelou o contrato depois de saber que ele ia se casar com um homem.

A negociação foi feita por aplicativo de mensagens e visitas pessoalmente. Márcio chegou a ir até o local quatro vezes, mas ele sempre estava sozinho. Durante as idas, ele chegou a dizer que a locação seria para dois homens, mas não citou a relação amorosa. Depois de uma visita do casal, a dona do imóvel enviou mensagens a Márcio questionando se o casamento dele era com o “amigo” que havia levado ao apartamento ou com uma mulher.

Ao responder que ia se casar com o homem, conta Márcio, a proprietária disse que não era homofóbica, mas que, por ter problemas na justiça com o ex-marido e pai do filho dela, a locação poderia gerar complicações para ela. Vale lembrar que em Junho de 2019 a homofobia foi considerada crime, entrando na lei anti-racismo. Apesar da situação, o casal não quis enquadrá-la na lei e entrou na justiça por danos morais contra a dona do apartamento.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!