“Dois Irmãos”: Rússia censura primeira personagem LGBT+ de animação da Pixar

Conhecida por toda sua política anti-LGBT, a Rússia censurou uma cena da animação “Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica” por causa de uma personagem gay, segundo informações do Cinema Blend.

Na sequência em questão, os protagonistas Barley (Chris Pratt) e Ian (Tom Holland) encontram Specter (Lena Waithe), uma policial ciclope. Os irmãos acabam fazendo amizade com a personagem e ela cita sua namorada. Nas redes de cinemas KinoPoisk o filme é editado e a fala alterada. Ao invés de falar “namorada”, Specter diz “parceiro”. Já nas mídias digitais, o filme virá com a nova versão sem a cena em questão.

Esta não é a primeira vez que países censuram ou banem filmes por conta de temáticas ou referências LGBT – especialmente da Disney, o estúdio mais poderoso de Hollywood. A Bela e a Fera foi banido no Kuwait e na Malásia em 2017, e Rocketman e Vingadores: Ultimato tiveram cenas censuradas na Rússia em 2019.

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!