Ator Charlie Carver relembra sofrimento na escola por ser gay

Conhecido por estrelar a série Teen Wolf, o ator Charlie Carver, que saiu do armário em 2016 através de uma postagem no Instagram, fez um discurso emocionante sobre a experiência de ter crescido como um jovem gay durante o período escolar.

A declaração aconteceu durante uma cerimônia online da premiação Gamechanger Award, da instituição de caridade GLSEN, que trabalha apara criar escolas seguras para alunos LGBT. O ator de 31 anos relembrou todas as situações que sofreu quando resolveu assumir sua homossexualidade: “Eu sempre soube que queria fazer algo da minha vida que pudesse ajudar os jovens a não terem vergonha. Eu não queria espetáculo. Eu só queria revelar essa parte de mim de uma maneira que gostaria de poder compartilhar anos atrás na escola, com o simples fato de ser quem eu era”.

“Havia apenas a sensação permanente de que a escola não era segura ou mais do que qualquer coisa, se eu baixasse a guarda e se eu relaxasse completamente, algo rápido e terrível viria e me encontraria”, disse o ator, que vai estrelar o novo filme do Batman. “E reconheço agora que aquilo que eu tanto temia, o que eu estava fugindo e tentando gerenciar, era minha própria vergonha”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!