Bolsominion dono de página de “fake news” é preso por homofobia: “Viado vai pegar coronavírus”

Conhecido nas redes como o “rei das fake news”, o bolsominion Heberson Ramires Valêncio foi preso no último sábado (16/05), na cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, por crimes de homofobia, racismo e porte ilegal de arma.

Heberson teria divulgado um áudio onde afirma que “viado vai pegar coronavírus”. “Ôh Irmão, é o seguinte, tô sabendo que tudo quanto é viado vai pegar esse tal coronavírus. É bom que essas pragas morram tudo queimado, antes do fogo do inferno que vai vir para a terra. Essas peste… essas pragas ruim!”, diz a gravação.

Ao ser detido, Heberson também foi acusado por porte ilegal de arma e munições. Ao chegar na casa do acusado, a polícia encontrou uma pistola 380 e 51 munições. Além disso, dois computadores, dois celulares e um HD externo, foram encaminhados para perícia. Conforme o site A Critica, o delegado Gustavo Henriques Barros, responsável pelo caso, pediu a prisão preventiva de Heberson, fundamentada no risco de que, em liberdade, o suspeito atrapalhe as investigações coagindo testemunhas.

Caso seja condenado ele pode pegar até oito anos de prisão por posse ilegal e prática e incitação de crimes de discriminação e preconceito.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!