Em breve, Grindr ganhará função que diz se usuário testou positivo para Covid-19

Os usuários do Grindr podem ter um novo recurso na plataforma de relacionamentos. Segundo o site Queerty, a empresa de software acaba de introduzir um “Digital Health Passport” que pode ser vinculado ao perfil de um usuário para mostrar quem testou negativo para a covid-19.

O Daily Mail mostra que a VST Enterprises, com sede em Manchester, Reino Unido, anunciou que várias empresas de aplicativos entraram em contato com a Enterprises sobre uma nova tecnologia. Segundo a publicação, a nova função permitiria que um médico ou enfermeiro subisse os resultados de um teste COVID-19 no perfil do usuário, permitindo que outras pessoas vejam seus resultados.

“Acreditamos que o passaporte digital de saúde juntamente com os kits de teste aprovados pelo governo sejam a chave para remover as restrições de bloqueio de maneira gradual e controlada”, diz Louis-James Davis, CEO da VST Enterprises. Conhecida como “passe COVI”, a tecnologia também pode incluir viagens aéreas recentes ou visitas a grandes locais como arenas esportivas.

A VST também anunciou os 15 primeiros países a receber a tecnologia: Itália, Portugal, França, Panamá, Índia, EUA, Canadá, Suécia, Espanha, África do Sul, México, Emirados Árabes Unidos e Holanda.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!