Prefeitura do Rio distribui máscaras com as cores do arco-íris para lembrar o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia

A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS Rio), órgão da prefeitura do Rio de Janeiro que atua na promoção e defesa da comunidade LGBTQIA+, na construção de políticas de diversidade e na prevenção às doenças virais sexualmente transmissíveis e o HIV e a Aids, apresentou nesta quinta-feira (30/04), uma edição de máscaras reutilizáveis com às cores do arco-íris. Ao todo foram fabricadas 500 máscaras, que serão distribuídas gratuitamente.

O intuito da ação é lembrar o Dia Internacional de Combate à LBGTfobia, celebrado no dia 17 de maio. A data foi criada em 2004 para debater com a sociedade, autoridades e corporações a situação alarmante sobre a discriminação e violência sofrida por toda à comunidade LGBTQIA+.

“Nossa ideia foi de conscientizar a população sobre a importância do uso das máscaras contra a propagação do coronavírus e, ao mesmo tempo, levar uma mensagem positiva contra a LGBTfobia e o preconceito, em meio à pandemia. Nós, que temos a experiência com trabalhos de prevenção às ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis) que promovemos durante todo o ano, queremos usar nossa expertise para ganhar essa batalha contra a propagação do vírus”, explica o Coordenador Especial da Diversidade Sexual, Nélio Georgini.

Distribuição de alimentos para LGBTs em situação de vulnerabilidade social

Vale destacar que, em parceria com outros órgãos da Prefeitura do Rio e movimentos sociais, a CEDS-Rio realizou a doação de 950 cestas básicas para instituições que apoiam e acompanham a população LGBT carioca. A entrega teve início no fim de março. A distribuição mais recente, de 200 pacotes, ocorreu no dia 28 de abril.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!