Deputada bolsonarista sugere lei transfóbica que impede transexuais em equipes femininas

Uma das principais apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Congresso Nacional, a deputada federal Bia Kicis (sem partido), criou um projeto de lei transfóbico para impedir mulheres transexuais de competirem em esportes coletivos femininos.

Em um post no Twitter nesta quinta-feira (18/06), a deputada federal alega que o objetivo do PL 3396 é proteger as “atletas mulheres”. “Atletas de mais de 30 países encaminharam apelo ao Comitê Olímpico Internacional para evitar a destruição dos esportes femininos e flagrante discriminação contra mulheres”, escreveu.

De acordo com a proposta, o sexo biológico será o único critério para definir o gênero de atletas em competições organizadas pelas entidades de administração do desporto no Brasil. Ainda segundo a proposta, a federação esportiva que descumprir a medida poderá ser multada em até 100 salários mínimos.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!