Escola muda de nome após escândalo transfóbico de J.K. Rowling: “Há exemplos melhores”

Uma escola do Reino Unido, cancelou os planos de dar o nome de J.K. Rowling a um de seus departamentos após a autora de “Harry Potter” se envolver em um escândalo transfóbico no Twitter.

Segundo o portal Pink News, pais de alunos da Weald School em Billingshurst, West Sussex, criaram um abaixo assinado para que a unidade tenha um nome mais “apropriado”. “JK Rowling twittou algumas mensagens que são consideradas ofensivas para a comunidade LGBTQ+ (especificamente, transfóbica) e achamos que não queremos estar associados a essas visões”, disse a vice-diretora, Sarah Edwards. “O Weald é uma escola que sempre procura incluir pessoas em todas as características e não gostaríamos de causar ofensa, mesmo que sem esta intenção”, completou.

De acordo com o portal, os nomes das unidades escolares atualmente são: JK Rowling, Leonardo DaVinci, David Attenborough, Freddie Mercury, enfermeira Mary Seacole e Tanni Gray-Thompson, vencedora de 11 medalhas de ouro paraolímpicas. A troca está planejada para ocorrer até setembro deste ano.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!