Idoso gay morre aos 81 anos e deixa fortuna para esposo de 27: “Chorei, mas dois dias são suficientes”

Morreu na última semana o ex-reverendo britânico Philip Clements aos 81 anos, na Inglaterra. Clements ganhou destaque nas redes sociais em 2017, quando anunciou seu casamento com Florin Marin, um jovem gay 59 anos mais novo que ele. Agora, ele deixou uma fortuna milionária para seu esposo de 27 anos.

Em entrevista ao Daily Mail, Marin contou que o ex-reverendo da igreja anglicana Chuch of England morreu sozinho no hospital, sem poder receber visitas por causa da pandemia do novo coronavírus. “A última visão que tive dele foi quando ele foi retirado da ambulância. Sua condição continuou a deteriorar-se e ele entrou em coma”, disse Marin, que conheceu Philip no site de relacionamentos Gaydar.

“As pessoas pensam que eu sou uma viúva de chapéu preto chorando. Sim eu chorei, mas dois dias são suficientes”, completou o rapaz, que recebeu uma herança de quase 1 milhão de reais, entre outros benefícios. “Philip não queria que eu chorasse, ele queria que as pessoas fossem felizes, independentemente do que acontecesse. Ele era o primeiro a dizer que não queria que eu ficasse triste!”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!