Madonna relembra multa milionária após discurso em prol da comunidade LGBTQ+ russa e revela: “Nunca paguei”

Foto: Ag News

Madonna usou suas redes sociais nesta segunda (20/07) para relembrar de um caso polêmico que ocorreu em 2012, durante a passagem da The MDNA Tour, na Rússia. A rainha do pop revelou que foi multada em um milhão de dólares após discursar em prol da comunidade LGBTQ+ no país. No entanto, ela afirmou que nunca pagou a dívida e nem pagará.

Em sua conta de Instagram, Madonna compartilhou o vídeo de um discurso que ela fez 8 anos atrás em um show em São Petersburgo. “Eu fiz esse discurso em um show em São Petersburgo há oito anos. Fui multada em um milhão de dólares pelo governo por apoiar a comunidade gay. Eu nunca paguei”, escreveu ela, compartilhando um trecho de seu discurso. “Estou aqui para dizer que a comunidade gay e as pessoas gays, aqui e em todo o mundo, têm os mesmos direitos de serem tratados com dignidade, com respeito, com tolerância, com compaixão, com amor”, disse ela durante o polêmico discurso.

Em 2014, Madonna revelou que também foi ameaçada de morte e prisão por “promover comportamento gay” no país, que desde 2013 proíbe proíbe a “propaganda” gay para menores. “Recebi ameaças de morte, e certamente meu número de seguranças teve que dobrar. Primeiro enquanto estávamos em São Petersburgo; meu show foi atacado e criticado pelo regime por ser um ‘show gay’ e por promover a homossexualidade”, disse a cantora em um discurso em evento em prol dos direitos humanos organizado pela Anistia Internacional.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!