Suspeito de matar jovem gay João Donati em Goiás é preso e confessa crime, diz polícia

Ação das Polícias Civil e Militar prendeu na tarde desta sexta (12/09) Andrie Maycon Ferreira da Silva, de 20 anos, suspeito de matar o jovem João Donati, 18, em Inhumas, Goiás.

A vítima, que era gay, foi encontrada em um lote baldio com hematomas pelo corpo e com pedaços de papel dentro da boca. Segundo a polícia, o suspeito confessou o crime. A polícia chegou até o suspeito depois de encontrar a identidade deles próxima de onde o corpo foi encontrado.

Ato em Copacabana pedirá criminalização da homofobia no domingo (14/09)

De acordo com o delegado Humberto Teófilo, responsável pelo caso, o jovem foi detido em uma fazenda de Inhumas, onde trabalhava em uma plantação de tomates. Em depoimento, ele disse que manteve uma relação sexual com João no mesmo terreno onde ocorreu o crime, mas negou que tenha havido conotação homofóbica. Segundo ele, os dois se conheceram no bar onde a vítima trabalhava e resolveram fazer um programa. Ainda em seu relato, ele explicou que o motivo do desentendimento começou quando a vítima sugeriu inverter as posições no ato sexual.

“Após a relação, os dois acabaram se desentendendo e entrando em luta corporal. Ele matou o João asfixiado, pegou o papel que estava em um lixo e colocou na boca dele, segundo ele, porque estava ‘muito nervoso'”, contou o delegado ao G1. O suspeito também disse a polícia que não é gay, mas que já se relacionou com homens. O rapaz também afirmou que não conhecia a vítima.

Veja as imagens de Andrie Maycon Ferreira da Silva divulgadas pela Polícia…

10614206_981612995198002_4427589715562364195_n
10675764_711189008975457_7161083704652157872_n

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!