Aos 95 anos, bisavô assume para a família que é gay: “Quero que o mundo saiba”

Sobrevivente do Holocausto, Roman Blank, de 95 anos, decidiu fazer uma revelação para a família. Depois de ser casado por mais de 60 anos, ter dois filhos, cinco netos e um bisneto, ele assumiu a sua homossexualidade.

“Há certas coisas que eu quero que o mundo saiba”, afirmou Blank ao youtuber Davey Wavey, do canal “wickydkewl”. Na entrevista, Blank diz que sabia que é gay desde os cinco anos e que está orgulhoso da sua decisão de “sair do armário”. A família recebeu bem a notícia e um dos netos decidiu registrar a história em um documentário, chamado de ‘On My Way Out’ (algo como ‘Saindo do Armário’).

Na descrição do filme, Gross conta que sua avó, Ruth Blank, já sabia sobre a sexualidade do marido desde quando deu à luz pela segunda e última vez. Meio envergonhado diante das câmeras, ele afirmou ainda que gostaria de ter um companheiro. Segundo Roman, ele não se importa com as aparências, mas sim, com o coração.

“Gostaria de alguém com quem pudesse contar. Vou ser bastante honesto. Eu realmente não preciso de qualquer conexão física ou mental. Mas eu quero. Eu quero ir dormir e ter alguém ao meu lado, não por qualquer outra razão além da certeza de que alguém se importa”, afirmou.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!